5 simples práticas de marketing para aplicar nas mídias sociais da sua pequena empresa


Você já deve saber que uma boa estratégia de marketing para mídias sociais é uma ótima maneira de expor os produtos e serviços da sua empresa, correto? Ótimo! Mas você também sabia que esse tipo de prática não compromete tanto o seu orçamento?
Atualmente, uma pessoa gasta, em média, 3 horas por dia nas mídias sociais, e você faz parte dessa lista dos 74% de adultos conectados à essas plataformas, não tenha dúvida.
Alguns gestores em início de carreira costumam se perguntar: “Em meio a tanta concorrência, como minha empresa pode se destacar ainda mais a fim de alcançar uma parcela maior do meu público-alvo?”. Parece difícil à princípio, mas ao munir-se de informações e conhecer algumas boas práticas de marketing para aplicar no ambiente on-line, você certamente alcançará esse objetivo mais rápido do que imagina.
As mídias sociais são ferramentas perfeitas para alcançar seu público e construir um bom relacionamento com eles. Dessa forma, você tem a oportunidade de estreitar e nutrir relações de confiança, criando a oportunidade de encantar o seu público. Ao fazer parte dessas redes será possível exibir a personalidade da empresa, o lado humano, além de demonstrar o valor e qualidade dos produtos e serviços que você oferece.
Se você enxerga a importância das mídias sociais na trajetória de qualquer empresa, está na hora de conferir 5 práticas de marketing essenciais para que companhias de pequeno porte também se destaquem nesse ambiente.
Preparado?

1 – Saiba quando é hora de parar ou reduzir práticas de marketing, ações promocionais e publicações nas mídias sociais

Sabe aquele amigo que adora ser o centro das atenções e que sempre dá um jeito de focar a conversa apenas nele? Pois bem, funciona mais ou menos assim quando sua empresa compartilha informações excessivas em qualquer um dos canais de comunicação em que atua.
Quando falamos sobre a quantidade de posts publicados nas mídias, por exemplo, é evidente que seu público pode se irritar ao ver vários conteúdos em um só dia, principalmente se nenhum deles for realmente relevante. Claro que nem todo mundo inicia esse tipo de trabalho já conhecendo essas informações e dicas, mas é exatamente por isso que o estudo e a elaboração de estratégias digitais são essenciais para realizar um bom trabalho nas redes em que a empresa atua ou atuará.
Será que William Blake estava certo quando afirmou que “a estrada do excesso leva ao palácio da sabedoria”? Sim, estava. Afinal, é errando que se aprende e errar é natural do ser humano, mas se você pode se informar antes, porque cometer excessos que podem afastar seu público de você já que hoje temos meios mais rápidos e confiáveis de alcançar nosso próprio palácio da sabedoria?
Por isso a leitura e o estudo são tão importantes na vida de qualquer empresário, empreendedor ou profissional. Você não quer empurrar produtos e serviços ou enviar mensagens o tempo todo para seus clientes e para seu público. Talvez essa seja a hora de pensar nas personas (perfil ideal de comprador) para só assim estruturar a forma de se comunicar e interagir com todos por meio das mídias sociais.
Então vá com calma e planeje antes de atuar em qualquer canal de mídia, certo?

2 – Compartilhe apenas conteúdo de qualidade

Quando você passa a limitar os conteúdos que publica, logo começa a se questionar sobre o que vai compartilhar daquele momento em diante. A resposta é simples, conteúdo de qualidade. Pense que por meio dos canais escolhidos, sua meta será agregar valor ao seu público. Muitas empresas enxergam a importância de ter um blog, pois lá é possível criar conteúdo de alta qualidade para compartilhar nas mídias sociais e com os usuários que gostam de acompanhar sua empresa.
Mas não para por aí! Além do blog, é preciso encantar ou pelo menos despertar o interesse do público que segue a empresa, e isso só é possível se o material compartilhado for relevante, educativo, informativo e que tenha um bom design para deixar a publicação mais atrativa. Investir no compartilhamento de conteúdo de fontes externas – dando os devidos créditos, obviamente – também é uma excelente maneira de levar conhecimento e informação ao público.
Toda empresa quer se tornar a fonte ou uma das fontes de referência que as pessoas procuram para obter informações relevantes. Então, fique atento, pois essa é a oportunidade que sua empresa tem de se estabelecer como referência na própria área de atuação, e tudo isso por conta do conteúdo relevante que entrega ao público.
Das práticas de marketing essenciais, essa talvez seja a de maior importância, por isso, certifique-se de que os nomes de usuário e todos os recursos visuais sejam os mesmos em todas as plataformas que a empresa atua, para que assim seja fácil reconhecê-la e encontrá-la.

3 – Não foque apenas em um canal de comunicação

Se sua empresa ainda estiver em fase inicial e de ajustes com relação à comunicação, fique tranquilo e lembre-se de que o planejamento é a alma de qualquer negócio. Se sua empresa possui ou tem a intenção de possuir um blog, dependendo de qual for a área de atuação, ele pode ser extremamente relevante para o público, se tornando um ótimo canal para criar conteúdo relevante e que pode ser compartilhado em outras redes.
Você acredita que o Instagram, Twitter, LinkedIn ou outras mídias também são relevantes para o seu negócio? Então, trace um plano para cada uma delas e comece a produzir conteúdo diferenciado para cada canal. A ideia aqui é não ficar refém do mesmo, mas sim permitir que novos insights possam influenciar positivamente em decisões e escolhas futuras, pois mudanças são muito bem-vindas e devem, sim, fazer parte da sua estratégia.
Várias pesquisas já revelaram que postagens com imagens sugestivas geram mais interação nas mídias sociais, e os vídeos, em particular, possuem muito mais alcance e engajamento no Facebook, sem contar o fato de essas pessoas gostarem de compartilhar vídeos relevantes de empresas com boas atuações nesse canal.
À medida que o tempo passa, você perceberá que o mundo do marketing digital é amplo e cheio de possibilidades, permitindo que você experimente combinações de links e até mesmo links de outros conteúdos relacionados aos seus, e isso será de grande ajuda para manter todas as suas mídias de atuação variadas e interessantes para quem as acompanha.

4 – Como definir a frequência de publicações?

A verdade é que não existe uma resposta certeira com relação à frequência com que você deve postar em cada mídia social, mas existem boas práticas para fazer marketing em cada uma dessas mídias. O ideal aqui é que você saiba avaliar qual será a frequência mais sugestiva para que seu público enxergue a empresa como ativa e engajada nessas mídias, mas apenas tomando cuidado para não se tornar o tipo de empresa “chata” e que posta muitos conteúdos durante um só dia.
Lembre-se de que frequência não é sinônimo de ser a melhor.
✔ No Facebook, de 1 a 2 posts por dia é um bom número.
✔ No LinkedIn, 1 vez por dia ou de 2 a 3 vezes por semana, dependendo da real necessidade de publicação.
✔ Se você identificou que há necessidade de criar um Twitter para a empresa, utilize-o mais como SAC do que para compartilhamento de conteúdo.
✔ O Instagram é uma rede em constante evolução e ascensão, de 1 a 2 publicações por dia você já consegue bons resultados.
O ideal nesse tópico é que você seja capaz de testar e identificar, por meio dos próprios insights que essas mídias sociais oferecem, os melhores dias e horários da semana para fazer publicações. Assim, você perceberá qual opção funciona para o segmento da sua empresa.
Uma estratégia de conteúdo mais avançada, mas que pode ser eficiente para redes sociais de pequenos negócios, é reutilizar blog posts ou até mesmo publicações anteriores, depois de algum tempo que foram publicadas. Por isso, é importante publicar, avaliar e monitorar o resultado de suas publicações.

5 – Não seja uma empresa coadjuvante, faça parte da conversa e ouça seu público!

 A parte “social” de toda mídia social precisa, sim, fazer parte do dia a dia das estratégias de comunicação traçadas. Sua empresa não pode simplesmente falar e nunca ouvir o que o público tem a dizer. À medida que a empresa entende que uma simples resposta à  uma pergunta de um usuário pode fazer com que ele se encante, certamente usará essa estratégia a seu favor. Com isso, constrói-se uma base de relacionamento, que pode se tornar sólida ou não, mas tudo dependerá da forma como a empresa se posiciona no ambiente on-line, pois sem público satisfeito e bem cuidado, a empresa não existe.
Converse com quem conversa com você e considere todos esses dados como possíveis feedbacks sobre como sua empresa está sendo aceita no mundo on-line. Ela precisa de melhorias? Coloque-as em prática!
Use a mídia social para escutar e interagir com o público, sempre procurando oportunidades de participar de conversas que tiveram início em um simples comentário em algum post, pois essas são pequenas oportunidades da empresa mostrar preocupação e zelo com os usuários que a seguem. As mídias contribuem muito para construir relacionamentos e estreitar conversas produtivas, por isso o monitoramento constante e diário é tão importante, pois você poderá responder comentários ou enviar mensagens em momentos mais oportunos, pensando de forma estratégica.
Lembre-se de que na fase inicial, tudo pode parecer complicado, mas uma vez que você enxerga a importância dessas práticas de marketing que são essenciais para qualquer empresa, entenderá que tudo faz parte da construção de uma comunidade em torno da sua marca.
Gostou das dicas? O blog da ACMinas está cheio delas, podendo ser de grande ajuda para o trabalho que você desenvolve na sua empresa.
Gostaria de falar mais sobre o assunto de hoje?
Compartilhe sua opinião no campo de comentários abaixo!

Assine nossa Newsletter

Receba nossa novidades em primeira mão por email.