Kalil reúne representantes do comércio para discutir reabertura de BH e IPTU

Da redação

O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), convocou uma reunião com representantes do comércio para discutir os rumos da flexibilização social na capital. Além da reabertura dos estabelecimentos não essenciais, que desde do dia 11 estão proibidos de funcionar, outros três temas serão debatidos.

O número de leitos de enfermaria e CTI para atender pacientes com Covid-19, o cronograma de vacinação da população e a isenção do IPTU 2020. O encontro, na sede do executivo municipal, está marcado para às 14h.

Participarão da reunião os presidentes do Sindicato de Lojistas de Belo Horizonte (Sindilojas-BH), Nadim Donato; da Associação Comercial e Empresarial de Minas (ACMinas), José Anchieta; do Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Belo Horizonte e Região Metropolitana (Sindibares), Paulo Pedrosa; e o Coordenador de Minas Gerais da Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce), Fábio Freitas.

Índices

Atualmente, BH tem um indicador no nível vermelho e dois no amarelo. Conforme a Secretaria Municipal de Saúde (SMSA), a ocupação dos leitos de UTI Covid está em 84,3%, em alerta máximo.

Das vagas na enfermaria, 65,8% estão preenchidas com vítimas do coronavírus. Já o índice de transmissão do vírus está em 1,05, sendo que o recomendável é abaixo de 1.

Quando decretou o fechamento da cidade, o Comitê de Combate à Covid-19 informou que a medida seria necessária para evitar um colapso no sistema de saúde.

Até quarta-feira (19), a capital contabilizava 2.087 mortos pela Covid e 78.822 infectados pela síndrome gripal.

Jornal O Tempo | 20 de janeiro de 2021

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Posts recentes

Siga a ACMinas

Assine nossa Newsletter

Receba nossa novidades em primeira mão por email.