A força da mulher empreendedora

“É preciso olhar para o cliente, encontrar a beleza do imperfeito sem fazer mal para
o planeta ou para o bolso” enfatizou a diretora CEME, Sâmara Marrighi durante o
encontro do Conselho empresarial da Mulher Empreendedora realizado no mês da
mulher, com a participação do Conselho Empresarial de Jovens.

O evento reuniu mulheres para debater sobre uma amplitude de temas envolvendo
a atuação da mulher nos negócios com uma relevância social e ambiental, contendo
dois painéis:

Painel 1 – Mães que empreendem: A busca por formação para negócios de impacto

O painel reuniu diversos temas, dentre eles, a importância das mulheres no cenário
dos negócios e como essa presença causa o impacto social ao contribuir para um
mundo melhor. Outro tema debatido foi o crescimento no número de clientes que
optam pelo consumo com pequenos negócios em busca de um atendimento
humanizado.

“Estamos presenciando um movimento das pessoas não comprarem o que a
empresa faz, mas porque ela faz”. Relatou a mediadora, Francis Aquino durante o
evento.

Painel 2 – Mulheres que circulam juntas o desafio de empreender na nova
economia.

O segundo painel teve como objetivo a troca de experiências de vida e negócios.
Foram abordados temas como empoderamento feminino e autoestima frente aos
negócios, família e perante a si mesma. A força feminina no âmbito dos negócios
também foi pauta, assim como a reinvenção frente ao desafio da pandemia do
Covid-19.

“É importante não ter só a visão do lucro” esclareceu a mediadora, Sâmara Marrighi,
que também abordou sobre o objetivo da empresa ao manter reputação exercendo
uma cultura e um respeito consciente.

Assista agora:

 

 

Compartilhe

Receba novidades por email

Assine nosso informativo

Não enviamos Span, apenas as última novidades.

Mais Lidos

Veja mais: