Cultura, uma alternativa para a autoestima de Brumadinho


Cultura, uma alternativa para a autoestima de Brumadinho

O presidente do Conselho de Administração do Instituto Inhotim, Ricardo Gazel, revelou, em reunião do Conselho Empresarial de Cultura da ACMinas, que a organização está desenvolvendo diversos projetos em Brumadinho, de natureza cultural, visando a resgatar não apenas a economia do município, impactada fortemente pelo desastre de janeiro, mas, também, a autoestima de seus moradores.

Segundo Gazel, o Inhotim, um importante centro cultural reconhecido nacionalmente, pode contribuir significativamente para a reestruturação do município e das áreas da região que foram afetadas. “Temos diversos projetos já em desenvolvimento, como a geração de emprego e renda para os moradores, por meio do turismo”, afirmou.

De acordo com Gazel, este é um setor no qual o Inhotim exerce um papel de grande importância e que várias iniciativas nessa área já estão em curso. “Por exemplo, estamos avançando na criação de um centro de recuperação das áreas degradadas”, revelou, “e está em andamento um projeto de levar as soluções de paisagismo adotadas pelo museu para o próprio município. Há, também, várias iniciativas para potencializar a rede de ecoturismo na região”, disse.   

De acordo com o presidente da ACMinas, Aguinaldo Diniz Filho, “o Inhotim tem importância fundamental neste processo de recuperação de Brumadinho, como demonstram as ações de seus gestores. E o nosso Conselho Empresarial de Cultura pode prestar contribuições relevantes”, afirmou. 

Confira as fotos.

Compartilhe

Receba novidades por email

Assine nosso informativo

Não enviamos Span, apenas as última novidades.

Mais Lidos

Veja mais: