O Conselho Empresarial de Indústria e Energia, se reuniu na terça (8) para debater duas pautas de suma importância para as atividades do Conselho: Por uma Minas Gerais Solar e discussão do processo de privatização da Cemig.

 
Por uma Minas Gerais Solar:

Os conselheiros debateram sobre a importância do uso da energia solar, tendo em vista que o Estado é o maior gerador de energia solar do país e que ao incentivar o uso da energia solar, favorecendo o crescimento da indústria mineira.

Privatização da Cemig

Durante a reunião os membros do Conselho apresentaram argumentos a favor e contra a privatização da Cemig – sem nenhum compromisso ou posicionamento oficial pela presidência da ACMinas.

Dentre os argumentos a favor da privatização estão: coerência com pensamento liberal e a eliminação do aparelhamento e trocas. Já nos argumentos contra a privatização: o baixo valor a ser arrecadado com a venda e dividendos de uma empresa bem gerida podem ser mais significativos.

Conselho sob nova presidência

A presidente Interina Monica Neves Cordeiro, agradeceu a presença de todos e ressaltou a importância da reunião de transição da presidência do Conselho, apresentando Bernardo Alvarenga para presidir o Conselho de Indústria e Energia.

Confira as fotos