Funcionários otimistas são essenciais para o crescimento das empresas

Durante encontro virtual realizado pelos conselhos de Recursos Humanos e de Inovação e Indústria Criativa da ACMinas, o presidente do conselho administrativo da Holding Transpes, Sandro Gonzalez, contou um pouco sobre sua história e a experiência e eficiência proporcionadas pela liderança humanizada. 

A Transpes está há 57 anos no mercado, conta com 22 filiais espalhadas pelo país e é hoje uma das corporações mais conceituadas do ramo e uma das 10 maiores empresas de transporte rodoviário do Brasil.

A holding é formada pelas empresas Transpes Logística, Inova BH e Saúde BH. Gonzalez desenvolveu um modelo de gestão de eficiência e produtividade que o levou a ser eleito como o CEO mais admirado do Brasil por várias mídias nacionais. 

O valor das pessoas

Em seu livro, “O Valor das Pessoas”, o profissional traz muitas histórias de sua família. O pai, imigrante espanhol, chegou ao Brasil com o sonho de ser motorista de caminhão. “A família empresária tem poder de construir riqueza, mas ao mesmo tempo, pode se transformar em ambiente tóxico. É um ambiente que precisa ser muito cuidado, para não deixar que as questões tóxicas prejudiquem”, alerta.

Segundo Gonzalez, o bom gerenciamento interno está relacionado com o clima agradável e colaborativo. “É provado pela neurociência que um funcionário otimista e engajado no trabalho agrega mais do que um depressivo, triste e angustiado”, diz. “O funcionário otimista pode entregar até 20% a mais de resultado”, completa. 

No encontro, realizado no dia 01 de junho, Gonzalez ressaltou que o que molda os negócios, as empresas e a relação com a família é a  mente das pessoas que as dirigem. “Se a gente não estiver com bons pensamentos, todo o nosso modelo vai estar em risco. Mas se estiver com pensamentos para construir um modelo mental saudável, crescente e inclusivo, todo nosso ecossistema vai se favorecer”, afirmou.  

Engajamento é fundamental

Janayna Bhering Cardoso, presidente do Conselho Empresarial de Inovação e Indústria Criativa, afirmou, durante a reunião, que muito tem sido falado sobre a importância das metodologias e ferramentas que otimizam o ambiente de trabalho e tornam o dia a dia mais agradável. “E a gestão humanizada é um desses elementos. Ela pode ser responsável pelo sucesso da gestão interna da empresa”, afirmou. “As pessoas engajadas e comprometidas em oferecer o seu melhor podem representar um potencial de crescimento para o negócio”, completou.  

Já a presidente do Conselho Empresarial de Recursos Humanos da ACMinas, Eliane Ramos, finalizou a reunião afirmando que a exposição do empresário  foi uma aula de liderança e que os relacionamentos são uma das experiências mais difíceis da vida. Ela ressaltou a importância de aumentar os níveis de engajamento dentro das organizações.  “A empresa que evolui junto com a cultura vai amadurecendo. Se ela não evoluir, envelhece e deixa de existir”, concluiu. 

2ª Reunião Conselho de RH e Inovação Ind Criativa

Compartilhe

Receba novidades por email

Assine nosso informativo

Não enviamos Span, apenas as última novidades.

Mais Lidos

Veja mais: