Inovação em Pauta: Entrevista com Paulo Renato – Gerente de Inovação do Sebrae Nacional

Entrevistado: Paulo Renato – Gerente de Inovação Sebrae Nacional

Quem acelerou o processo de transformação digital da sua empresa: o CEO, o CTO, a equipe de TI ou a Covid-19? Essa pergunta circula desde o início da pandemia pelos canais digitais e redes. Ela nos traz uma reflexão quanto ao preparo das empresas para um outro enfrentamento: a sobrevivência dos negócios.

Desde o início do surto de COVID-19, o varejo total no Brasil apresentou queda de -29,7%. O setor de Serviços, o mais impactado desde o início do surto, apresentou queda de -61,8% – ambos percentuais no período acumulado. Os dados são do ICVA – Índice Cielo do Varejo Ampliado, entre março e maio deste ano.

Desde o isolamento social e diante das quedas das vendas, a internet passou a ser o único ponto aberto e acessível para quase a totalidade dos segmentos. Com a liberação em ondas do comércio e a retomada de alguns setores ao atendimento, o e-commerce já começa a apresentar queda de -5,1%, desde o início da fase do isolamento social, segundo levantamento do Ebit/ Nielsen.

Bares, restaurantes, salões de beleza, supermercados, pets, escolas, hotéis. Impossível pensar em um segmento que não tenha sido transformado a partir das decisões visando a biossegurança. De compras via aplicativos a serviços de streaming, várias ferramentas, há décadas disponíveis, foram desengavetadas ou descobertas recentemente por empreendedores. É oportuno o momento e urgente ressignificar propósitos e revisitar modelos de negócio mais contemporâneos para o atendimento aos clientes. Esse “ponto de venda virtual” também vem sendo descoberta aos consumidores. A transformação digital é o presente e sim, foi acelerada pelo coronavírus. Isso tem tudo a ver com inovação e sim, também é pra você, pequeno empreendedor.

Inovação é pra todos

Nunca se falou tanto em inovação. Pouco se explica sobre como essa palavra vira prática no dia-a-dia e que ela é para todos. Na edição de lançamento do Inovação em Pauta, Janayna Bhering recebeu Paulo Renato Cabral, Gerente de Inovação do Sebrae – instituição que zela pelo avanço do empreendedorismo local e nacional. Um desafio enorme, sendo o Brasil um país diversificado no empreender e no consumo, agora conectado a um Engenheiro de formação (UFMG), empreendedor e investidor. É ele o convidado para desmistificar que inovação é também para os pequenos negócios em nove pontos. Vamos lá:

1 – Mente aberta e conectada

O compartilhamento de saberes, informação e oportunidades estão de braços ainda mais abertos na pandemia. Aproveite esse mercado de troca de ideias, consultorias, mentorias de especialistas gratuitas e em vários formatos disponíveis. Participar de ambientes de inovação como os programas de ideias e de aceleração de negócios permitem a degustação para entender o que faz sentido ou não faz para cada empreendedor. As trocas entre as pessoas, ouvir outras percepções sobre uma ideia, permitem levantar questões sobre modelos diversos e estimula a análise que vão agregar mais propriedade sobre a aplicação da inovação no seu negócio.

2 – Inovação não é tecnologia

Inovar não tem a ver com recurso financeiro e tecnológico e sim com mindset. É estimular o desenvolvimento de um novo pensamento, menos linear e processual, e mais “e se”, “porque não”. Nesse exercício do pensar, vamos identificando novas formas de fazer e aplicações diretas na gestão, posicionamento, marketing, produto, serviço, atendimento, etc.

3 – Qual dor a sua empresa resolve?

Mais que missão e valores na parede é o propósito – o desejo de resolver uma dor real para o cliente/sociedade – que faz seu negócio prosperar. Se você busca sempre entender o seu cliente, conhece a dor dele e o seu negócio existe para resolver esse problema, você tem um propósito. Se você e seu time compartilham do mesmo propósito, não medirão esforços para melhorar continuamente os negócios da empresa.

4 – Troque com quem discorda de você

De norte a sul, do micro para o macro, do bairro para as cidades – a diversidade está por toda a parte. As melhores ideias vêm dessa diversidade e da aplicação dela em um contexto que você, empreendedor, conhece bem. Importante conviver com quem pensa e é diferente de você. As questões e ideias dificilmente nascem em ambientes de total consenso.

5 – A ideia não e só sua

Se relacionar com os outros para trocas é abrir mão da possessão. O princípio da chamada Inovação Aberta é não buscar as soluções dentro de casa, mas olhar para fora para cortar caminhos. Nessa relação é preciso imaginar o valor financeiro da ideia construída em rede, mais que a propriedade legal da ideia. O acesso aberto a novos modelos de negócio e formas de fazer é também para os pequenos, inclusive em negócios tradicionais. Há diversas oportunidades de inovação aberta gratuita e acessível como o Sebrae, Fundep, Fiemg, CDL entre outros. Procure conhecer.

6: Há investimento anjo

Para 2020 os economistas prevêm uma taxa Selic a 2,25%, IPCA 1,53 e PIB -5,8. Neste cenário há investidores buscando empresas e bons negócios para aplicar e multiplicar o investimento. Aos empresários e startups essa é uma oportunidade importante para se expor para vender uma proposta ou parte dela. Em especial, dado o contexto de pandemia, investimento de pessoa física (anjo) para startups e empresas tendem a se acentuar especialmente aos negócios relacionados às soluções de combate ao Covid-19 e às áreas de ciências da vida. Inclusive, o Sebrae oferece linhas e fomento Embrapii e Finep para empreendedores com soluções para o Covid-19.

7: Finanças: não espere, peça ajuda

É preciso se informar para manter os negócios em pé nessa fase. Bancos continuam oferecendo oportunidade para investimento aos pequenos. Apesar de um crescimento na cadeia de alimentos, bebidas, fármacos, saúde, entre outros, há todo um mercado que está fora desse contexto. O Sebrae além de disponibilizar consultores, ajudando os empreendedores, atua institucionalmente para o pequeno na redução de impostos e garantias junto aos bancos.

8 – Repense a experiência que oferece ao seu cliente

Com a pandemia tem negócio crescendo. Há segmentos totalmente presenciais que foram muito impactados e que agora retornam gradativamente às atividades. O cliente que se sente seguro dentro da sua loja, certamente voltará mais vezes. A empatia passa por entender que a alegria de estar de volta ao seu ponto de venda físico será também refletida ao consumidor que busca, mais do que nunca, muito além do produto ou serviço de qualidade. Há infinitas oportunidades para inovar na experiência do seu cliente nesse momento. Invista em segurança e no acolhimento nessa retomada. Ainda, aqueles setores sem data prevista de retorno, é importante identificar maneiras para ser lembrado pelos consumidores até a comunicação da reabertura. Acredite no seu negócio e conecte as pessoas pelo propósito.

9: A venda on-line chegou 

O Brasil é uma população enorme com diferenças de acesso a internet e conhecimentos diversos sobre o conceito de venda on-line. O empreendedor precisa se aprofundar sobre essas tecnologias que oferecem informações para gestão sobre o consumo de seus clientes e com isso fortalecer a competitividade. Há plataformas gratuitas como as redes sociais e o próprio Google para dar esse primeiro passo, oferecendo os seus produtos, comparar as atuações e comportamentos dos concorrentes, identificar oportunidades e implementar novas ideias. Há muito a ser explorado nesse ambiente virtual de conexão, relacionamento e conversão em vendas. O empresário, independentemente do nível de informação e segmento de negócio, deve avançar no atendimento virtual. Seja o consumo voltando em formato híbrido ou off-line, uma coisa é certa: o on-line deixa de ser um “quebra-galho” e veio para ficar.

E o que podemos esperar do consumo no pós isolamento?

Uma pesquisa recente da CNI – Confederação Nacional da Indústria – , indicou que as pessoas não estão dispostas a retomar o mesmo patamar de compras anterior ao coronavírus. O consumo também vai mudar. Certamente, o seu negócio faz parte desse novo normal pós pandemia.

Como parte do propósito do Inovação em Pauta, trazemos entrevistados que são referências em suas atuações no ecossistema de inovação mineiro e/ou nacional. Nessa edição, conectamos o Paulo Renato do Sebrae a vocês. Acessamos os conteúdos, dicas, cursos e lives gratuitas do Sebrae e aproveitamos para recomendá-los (www.sebrae.com.br). Em nome da equipe, esperamos que o conteúdo dessa edição possa conectar o empreendedor a mais oportunidades e que a prática da inovação possa impactar positivamente o seu negócio e seus clientes. Sucesso e vamos juntos, conectados para transformar!

Sobre o entrevistado

Paulo Renato Cabral

https://www.linkedin.com/in/paulo-renato-macedo-cabral-6248283

·     Na UFMG conheceu o empreendedorismo como método.

·     Identificou necessidades de skills como criatividade e networking – pensar diferente é a prática de conversas com pessoas diferentes do nosso convívio.

·     Começou a trabalhar a prática da inovação em empresas de base tecnológica na Universidade.

·     No Instituto Inovação, conheceu Janayna. Lá desenvolveram a prática da inovação para cidades, governos e empresas visando competitividade, desenvolvimento de novos produtos e fundos de investimento para startups.

“No Sebrae o olhar é diário para o mercado que está dentro e fora da cadeia do covid19. Não só preocupação, mas a ocupação do atendimento pessoal a empresas faz parte da nossa estratégia on-line. Tivemos recorde de atendimento e procura à instituição nesse período de pandemia. Estamos atuando em diversas frentes, desde a redução de impostos, garantias junto a Caixa e demais bancos para apoio aos pequenos empreendedores e suas empresas. Sabemos que há segmentos totalmente presenciais e que estão sendo impactados. Nesses casos, estamos atuando em vários protocolos de biossegurança para cada um desses segmentos, para preparar o seu funcionamento possível, respaldado tecnicamente, quando da decisão segura de retorno advinda dos governos e prefeituras. Entre outras ações necessárias.”

Paulo Renato Cabral para o Inovação em Pauta 28/05/2020

Sobre o Sebrae: Sebrae significa “Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas”, ou seja, tem o objetivo fomentar o empreendedorismo no Brasil auxiliando as pequenas empresas e Micro empreendedores individuais. Site Sebrae

SOBRE O INOVAÇÃO EM PAUTA

Como o objetivo de desmistificar o conceito de inovação, nasceu o programa Inovação em Pauta, um canal de conteúdo no Youtube que promete informar, inspirar e principalmente apresentar de forma clara e simples como o ecossistema da inovação se movimenta em Minas Gerais e no Brasil.

O programa representa uma imensa oportunidade de se manter atualizado sobre tudo o que é feito e por quem são feitas as inovações mais relevantes no mundo de hoje, o que está acontecendo no Brasil e no mundo, quais as principais tendências e como não ficar de fora dessa transformação digital.

Suas idealizadoras, Alessandra Alkmim e Janayna Bhering são especialistas em tecnologia, inovação e empreendedorismo, com forte atuação no mercado. Francis Aquino é jornalista empresarial e atua fortemente na identificação de oportunidades, divulgação e promoção do capital intelectual brasileiro.

Programação: todas as quintas-feiras, 19horas

Acesse:

https://www.youtube.com/watch?v=rABhCfwjVuk

@inovaçãoempauta

contatoinovacaoempauta@gmail.com

Publicado por

Inovação em Pauta Entrevista e Conteúdo
Canal de entrevista e Conteúdo na Inovação em pauta
(Inovação para Pequenas Empresas) Janayna Bhering Cardoso recebeu Paulo Renato Macedo Cabral, Gerente de Inovação do Sebrae. Diante de um desafio enorme – sendo o Brasil um país diversificado no empreender e no consumo – ainda em plena pandemia. Engenheiro de formação (UFMG), empreendedor e investidor ele foi o convidado para desmistificar que inovação é também para os pequenos negócios em nove pontos compartilhados na entrevista e pontuados nesse artigo. hashtagcompredopequeno hashtagcompredobairro hashtaginovação hashtagcdl hashtagsebrae hashtagfiemg hashtaggestão Confira o artigo pela jornalista de ciência, tecnologia e inovação, Francis Aquino.

Compartilhe

Receba novidades por email

Assine nosso informativo

Não enviamos Span, apenas as última novidades.

Mais Lidos

Veja mais: