Moda e Tecnologia: Agora vai?

Por: Rejane M L França – CEO STELLA

Demorou, mas nos últimos anos temos assistido a um bem vindo encontro entre a moda e tecnologia. São inúmeras as partes da cadeia desse mercado que se beneficiam dessa ligação de moda com a tecnologia. Desde a fabricação com novos materiais – menos poluentes e mais sustentáveis até na venda ao consumidor online – com inúmeras aplicações que facilitam a vida de quem compra. Tudo vinha evoluindo, porém em um ritmo lento. Agora, tudo parece que vai mudar.

A essa altura, imagino que poucas pessoas acreditam que teremos, no mundo dos negócios, algum processo que não terá sido impactado pela pandemia causada pela COVID-19. Além das imensas perdas pessoais para alguns, teremos de tratar as perdas econômicas do país e, de forma mais particular, as perdas de setores específicos. A imensa cadeia que cerca o segmento da moda faz parte desse desafio.

Aqui vamos tratar apenas de um dos tantos processos em que a tecnologia pode ajudar: o design digital em 3D de peças que abre novas oportunidades no processo de produção da moda. A tecnologia permite que marcas projetem as peças de forma rápida criando modelos digitais tridimensionais realistas de produtos que podem ser usados em várias situações, desde a criação de materiais de marketing e showrooms virtuais a páginas de comércio eletrônico voltadas para o cliente.

Na cadeia de suprimentos, o design digital em 3D pode ajudar a diminuir o desperdício, aumentar a velocidade da produção, oferecendo vantagens para as empresas que trabalham para se tornarem mais sustentáveis e para redução de custos.

Para criar novos produtos, o design digital em 3D usa software no lugar de papel e tecido, permitindo a estilistas e modelistas criarem e alterarem os designs sem precisar produzi-los fisicamente. As propriedades físicas dos tecidos são medidas e recriadas digitalmente, e os avatares agem como modelos adequados para retratar como as roupas se encaixam na vida real. Processo tradicional da indústria que pode levar até 3 meses em média pode ser todo percorrido em apenas um dia!

Enfim, para aqueles que gostariam de conhecer mais sobre essa tecnologia aplicada à cadeia da moda, sugiro a leitura desse artigo que traz muitos insights para lojistas e marcas.

Clique e veja mais 


Compartilhe

Receba novidades por email

Assine nosso informativo

Não enviamos Span, apenas as última novidades.

Mais Lidos

Veja mais: