Mulheres do futuro – nós somos a revolução!

Despertar o desejo de ampliar conhecimento, de desenvolver-se, de desafiar-se para o novo e para o desconhecido, ser protagonista da sua própria história e ir além das suas expectativas, é um dos grandes desafios das empreendedoras do futuro. E uma das características principais dessas profissionais é a proatividade, ou seja, é não esperar que as coisas aconteçam, é ter visão de futuro e caminhar em direção a ele.

Além da proatividade, a empreendedora do futuro tem que ter atitude, paixão pelas suas escolhas, encontrar propósito em suas ações, lutar por uma causa, rever incansavelmente suas ideias e pensamentos e ter a coragem de lutar até o fim pelos seus objetivos.

A mulher do futuro empodera outras mulheres, impactando-as positivamente em todos os aspectos, tendo o poder de transformar vidas através de suas ações e visão sistêmica.

É importante ressaltar que vivemos uma era de mudanças exponenciais, um mundo sem fronteiras e um futuro cada vez mais próximo. Tudo isso demanda de nós mulheres a capacidade de nos adaptarmos constantemente, para saber e entender quem somos, quais decisões devemos tomar e para onde vamos, considerando que a incerteza é uma das únicas certezas que teremos daqui pra frente. O futuro é incerto, plural, emergente e acima de tudo, otimista.

A dica para as mulheres empreendedoras é: aprofundem a discussão sobre o mundo atual e sobre o seu futuro preferível; sejam capazes de desaprender, reaprender e transformar, para assim, se prepararem para um novo conceito de mundo que se aproxima.

Novas competências, novas habilidades, novos modelos de negócios, novos ambientes organizacionais, novos pensamentos. Uma nova mulher está nascendo: consciente de si mesma, protagonista da sua história, destemida, ávida por conhecimento, com valores éticos bem definidos, preocupada com o meio ambiente, com uma causa bem definida e pronta para romper padrões e paradigmas atuais. Essa nova mulher sabe muito bem o que quer para o seu futuro.

Já dizia a professora e intrépida exploradora da evolução humana, Beatrice Bruteau:

“Não podemos aguardar que o mundo mude, não podemos aguardar que os tempos se modifiquem e nós nos modifiquemos juntos, em função de uma revolução que chegue e nos arrebate em sua marcha. Nós mesmos somos o futuro. Nós somos a revolução.”

Compartilhe

Receba novidades por email

Assine nosso informativo

Não enviamos Span, apenas as última novidades.

Mais Lidos

Veja mais: