Reunião Conjunta dos Conselhos de Cultura e Turismo

A reunião conjunta dos Conselhos Empresariais de Cultura e Turismo da ACMinas reuniu membros e convidados para a apresentação do crescimento bilateral da economia para as áreas do Turismo e Cultura – com a presença do Secretário de Estado da Cultura e Turismo, Marcelo Matte, o Diretor da TAP nas Américas, Mário Carvalho, e, do Diretor Regional da TAP, Carlos Dias.

Durante apresentação, o Secretario de Turismo e Cultura, Marcelo Matte, revelou a satisfação de encontrar uma equipe sólida, ao assumir a pasta em fevereiro “estamos todos entusiasmados, é uma surpresa encontrar no serviço público pessoas tão competentes na Secretaria de Estado de Cultura e Turismo é uma equipe bem direcionada” afirmou Matte. 

O Plano Estratégico de Minas visa na construção de modelo de gestão, para o aporte fiscal, Matte direciona as suas estruturas para o fomento na economia criativa e segundo ele, “a economia criativa, no Brasil, significa mais de 4,6 milhões de empregos, ou seja, 10% dos empregos totais do Estado. A importância da economia criativa vem para superar e valorizar em Minas, e tem retorno. Para cada R$ 1 investido na economia criativa, há um ganho de volta de R$ 1,60 para a arrecadação de impostos e geração de emprego”.

Matte explica que os problemas estruturais econômicos do Estado são imensuráveis. “Percebo que em quatro meses e meio, a máquina começou a girar um pouquinho melhor, a fusão da cultura com o turismo, tende a perceber a qualidade do funcionalismo público, como do próprio governador, dos secretários que mesmo vindo da iniciativa privada, é um conjunto de pessoas bem intencionadas, dando ética ao serviço público, é uma nova visão” acrescentou.

O Diretor Regional da TAP, Carlos Dias, confiante no trabalho desenvolvido pela empresa no Estado, afirma “para o turismo, a volta da TAP em Belo Horizonte, com voos diretos para Portugal – Lisboa, vem obviamente provar um bom papel de nosso aeroporto pela gestão da BHAiport”. A TAP tem direcionado seus negócios com a iniciativa de fomentar a aplicação de eixos econômicos para pequenas e grandes empresas “a TAP Corporate, é um programa de fidelidade dirigido à pequenas e médias empresas, e que permite redução de custos nas suas viagens. Sempre que os seus colaboradores viajam pela TAP, as suas viagens são convertidas em saldo. O saldo acumulado está disponível para utilização como forma de pagamento em viagens e produtos TAP” explica Dias.

“Com a revista de bordo UP Magazine, temos serviços de execução, somos a porta de entrada, a gente seduz o cliente, dando a ele cinco dias para passar em Portugal, sem acréscimo de tarifas, e que esse benéfico é bom para a TAP e para o turismo” finaliza Dias ao mencionar os serviços e diferenciais de mercado oferecidos pela TAP.

Confira as fotos

 

Compartilhe

Receba novidades por email

Assine nosso informativo

Não enviamos Span, apenas as última novidades.

Mais Lidos

Veja mais: