1º Fórum Empresário Empreendedor

Aconteceu ontem, 21/03, na ACMinas o 1º Fórum Empresário Empreendedor, projeto do Clube de Ideias que abordou o tema “Do mundo da internet às estratégias digitais”. A abertura contou com o depoimento em vídeo pelo criador da Embraer e mentor do Clube de Ideias, Ozires Silva, se mostrando otimista à realização do fórum.

Em seguida, o professor Virgílio Almeida apresentou as “Oportunidades e Desafios da Economia Digital”, utilizando grandes empresas de destaque do nosso mercado como exemplos que cresceram e visaram o futuro com a tecnologia, como a Netflix, o Uber e o Facebook. “O papel do Clube de Ideias é dar essa oportunidade de empreendedorismo, para desenvolver a cidade e o estado”, afirmou.

Como exemplo do mundo empresarial já no emaranhado das estratégias digitais o evento contou com a apresentação do idealizador do Órbi Conecta, Pedro Menezes, que fez uma retrospectiva começando na revolução agrícola, passando pela industrial e na era da informação chegando aos dias atuais. Destacando hoje como se construiu a jornada de colaboração e conexões do Órbi. “Estamos em constante conexões. O Órbi é um espaço colaborativo de fomento à inovação e ao empreendedorismo. Lá, startups em diferentes níveis de maturidade, tem um ambiente fértil em conexões para construir uma trajetória de crescimento e sucesso”, destacou.

Outra importante contribuição foi o depoimento do presidente da Associação Baiana de Startups, Eduardo Lobo. “Estamos criando o “San Pedro Valley” em salvador, viemos buscar inspiração e conhecimento no modelo que já deu tão certo. Estamos crescendo aos poucos lá em Salvador mas as boas conexões já estão acontecendo”.

Após as apresentações os convidados participaram de um word café para a troca de experiências e criação de novas conexões.

CLUBE DE IDEIAS

PRIMEIRA ATIVIDADE DE CAMPO – PERCEPÇÕES

Por Monica Neves Cordeiro, diretora da ACMinas, cofundadora do Clube de Ideias

21 de março, início de outono – primeira atividade de campo do Clube de Idéias. Na ACMinas, auditório quase cheio – pleno de jovens – muitos dos quais ali presentes pela primeira vez. Olhares novos para uma ACMinas Viva e renovada na prática.

O mais marcante? Perceber que o novo empreendedorismo que buscamos reside em uma palavra – COLABORAÇÃO. Muito diferente do que ocorria em tempos recentes no campo profissional e no campo da geração de empregos tradicionais.

Emergiu do 1º Fórum do Clube de Idéias a crença de que a transformação digital – ainda que “na sua versão do futuro” possamos imaginar ainda mais parecida com a que víamos nos filmes de ficção – já está entre nós. Os mutantes vestem as nossas mesmas roupas e vão aos mesmos locais que frequentamos. Mas eles são diferentes e já estão aqui.

Percebemos ontem que a multiplicação destas células digitais já vem ocorrendo de forma veloz, mas que elas ainda não formam um tecido. Muitos neurônios, mas ainda faltam as sinapses (as ligações entre elas), como afirmou o primeiro (e brilhante) apresentador da noite.

Como “catalisar” a ligação entre estas células? Estarão estas células prontas para que estas ligações ocorram?

Fica a sensação de que há muito a refletir para que sejamos protagonistas de uma nova forma de COLABORAÇÃO para que o novo empreendedorismo gere escala e promova um ambiente diferente de geração de oportunidades de trabalho, mas de uma outra maneira. O Clube de Idéias, funcionando, mostrou que a COLABORAÇÃO se faz fazendo e que as nossas ações precisam continuar. Destes neurônios e células soltas poderá nascer uma sociedade mais horizontal, mais justa, com mais oportunidades, ao mesmo tempo que promove encontro verdadeiro de pessoas que pensam e fazem – e que avançam.

A grande revelação foi que a esperança está no ar. Uma esperança diferente – disforme – de muitos personagens desconhecidos. Quase Dostoiévski. Teremos de achar nosso papel nesta grande história. Começamos. O que é fantástico.

Assine nossa Newsletter

Receba nossa novidades em primeira mão por email.