ACMinas defende corredor de exportações

A ACMinas vai atuar, por meio de seu Conselho Empresarial de Mobilidade Urbana e Logística, para assegurar a ligação entre Minas Gerais com o Porto Central, no Espírito Santo, que está em vias de ser adquirido por empresários chineses. A decisão, apresentada durante Reunião Semanal da diretoria da entidade pelo vice-presidente Marcos Brafman, que presidia a sessão, vem ao encontro de uma demanda de produtores mineiros no sentido de viabilizar um corredor para suas exportações de grãos e minérios. Segundo Brafman, a decisão da ACMinas visa a garantir que a logística e o desenvolvimento econômico do Estado tenham voz neste processo.

Assine nossa Newsletter

Receba nossa novidades em primeira mão por email.