ACMinas lança guia para investidores

Com o objetivo de mostrar os potenciais de investimentos em Minas Gerais para o mundo, a Associação Comercial e Empresarial de Minas (ACMinas) lançou a 12ª edição do Minas Gerais International Business Guide by ACMinas. O guia é considerado uma ferramenta essencial para a divulgação do Estado e para a atração de investidores. Neste ano, além da edição impressa em português e inglês, o guia tem versão digital em sete idiomas.

De acordo com o diretor emérito da ACMinas e mentor do Minas Gerais International Business Guide, Silvio Nazaré, o guia, que traz informações atualizadas sobre o cenário econômico de Minas Gerais, tem o objetivo de destacar as oportunidades de negócios que o Estado oferece a investidores estrangeiros.

“O Minas Guide tem grande importância. Através dele, falamos de Minas Gerais para o mundo. A publicação é robusta, objetiva e traz muitas informações que podem gerar reflexões maiores dos empresários e autoridades internacionais sobre Minas Gerais. Nele,  mostramos a potencialidade para os investimentos estrangeiros no Estado, que está com as portas abertas para os investidores”.

Ainda segundo Nazaré, o guia tem sido um sucesso e recebido avaliações muito positivas não só da sociedade empresarial de Minas e do Brasil, mas, principalmente, de estrangeiros.

A 12ª edição do Minas Guide tem versão impressa em dois idiomas – inglês e português -, e, a partir de agora, formato digital em sete idiomas: português, inglês, francês, italiano, espanhol, mandarim e árabe.

“A partir de agora, em qualquer lugar do mundo, é possível acessar e conhecer o Estado. Estamos promovendo Minas Gerais, o seu povo, sua cultura, o turismo, a economia, a saúde, o meio ambiente e a tecnologia”.

De acordo com a ACMinas, a publicação apresenta um panorama do Estado, com seu potencial energético, recursos naturais e o detalhamento das regiões, até uma visão geral da economia, com balanços comerciais e dados sobre importação e exportação.

Também é apresentada a estratégica posição geográfica de Minas, com as estradas, aeroportos, portos secos e pontos atrativos ao empresariado.

Esta edição também tem um caráter mais executivo, com maior objetividade no conteúdo e foco nos dados. “Incluímos informações tecnológicas do Estado, citando, inclusive, as startups presentes aqui”, disse.

Acompanhando as inovações, o guia apresenta um QR Code que, quando escaneado, dá acesso a todas as informações. Além disso, a versão digital seguirá sendo atualizada pela equipe técnica da ACMinas, conforme a relevância das mudanças econômicas, sociais e ambientais do Estado.

Apoio ao empreendedorismo

Os ambientes de negócios também estão contemplados na edição, que enumera as instituições que apoiam o empreendedorismo, fornecendo um passo a passo fundamental para quem deseja importar produtos ou instalar empresas em Minas Gerais.

“O Minas Guide é resultado de muita pesquisa e de trabalho em equipe”, disse Nazaré.

Com o objetivo de mostrar os potenciais de investimentos em Minas Gerais para o mundo, a Associação Comercial e Empresarial de Minas (ACMinas) lançou a 12ª edição do Minas Gerais International Business Guide by ACMinas. O guia é considerado uma ferramenta essencial para a divulgação do Estado e para a atração de investidores. Neste ano, além da edição impressa em português e inglês, o guia tem versão digital em sete idiomas.

De acordo com o diretor emérito da ACMinas e mentor do Minas Gerais International Business Guide, Silvio Nazaré, o guia, que traz informações atualizadas sobre o cenário econômico de Minas Gerais, tem o objetivo de destacar as oportunidades de negócios que o Estado oferece a investidores estrangeiros.

“O Minas Guide tem grande importância. Através dele, falamos de Minas Gerais para o mundo. A publicação é robusta, objetiva e traz muitas informações que podem gerar reflexões maiores dos empresários e autoridades internacionais sobre Minas Gerais. Nele,  mostramos a potencialidade para os investimentos estrangeiros no Estado, que está com as portas abertas para os investidores”.

Ainda segundo Nazaré, o guia tem sido um sucesso e recebido avaliações muito positivas não só da sociedade empresarial de Minas e do Brasil, mas, principalmente, de estrangeiros.

A 12ª edição do Minas Guide tem versão impressa em dois idiomas – inglês e português -, e, a partir de agora, formato digital em sete idiomas: português, inglês, francês, italiano, espanhol, mandarim e árabe.

“A partir de agora, em qualquer lugar do mundo, é possível acessar e conhecer o Estado. Estamos promovendo Minas Gerais, o seu povo, sua cultura, o turismo, a economia, a saúde, o meio ambiente e a tecnologia”.

De acordo com a ACMinas, a publicação apresenta um panorama do Estado, com seu potencial energético, recursos naturais e o detalhamento das regiões, até uma visão geral da economia, com balanços comerciais e dados sobre importação e exportação.

Também é apresentada a estratégica posição geográfica de Minas, com as estradas, aeroportos, portos secos e pontos atrativos ao empresariado.

Esta edição também tem um caráter mais executivo, com maior objetividade no conteúdo e foco nos dados. “Incluímos informações tecnológicas do Estado, citando, inclusive, as startups presentes aqui”, disse.

Acompanhando as inovações, o guia apresenta um QR Code que, quando escaneado, dá acesso a todas as informações. Além disso, a versão digital seguirá sendo atualizada pela equipe técnica da ACMinas, conforme a relevância das mudanças econômicas, sociais e ambientais do Estado.

Apoio ao empreendedorismo

Os ambientes de negócios também estão contemplados na edição, que enumera as instituições que apoiam o empreendedorismo, fornecendo um passo a passo fundamental para quem deseja importar produtos ou instalar empresas em Minas Gerais.

“O Minas Guide é resultado de muita pesquisa e de trabalho em equipe”, disse Nazaré.

Assine nossa Newsletter

Receba nossa novidades em primeira mão por email.