ACMinas lança o “Minas Gerais Business Guide”

Por: Michelle Valverde

A Associação Comercial e Empresarial de Minas (ACMinas) lançou a edição 2020/21 do  “Minas Gerais Business Guide”, estudo que reúne informações sobre as potencialidades e oportunidades de investimentos em Minas Gerais. O material tem o objetivo de informar e orientar possíveis investidores que queiram vir para o Estado.

De acordo com o presidente da ACMinas, Aguinaldo Diniz, a 10ª edição do Minas Gerais Business Guide é um dos trabalhos mais importantes feitos pela entidade. “O estudo tem o objetivo de mostrar nossas potencialidades para o mundo. Neste ano, devido à pandemia, ele está somente em formato digital e será encaminhado para 124 embaixadas do Brasil no exterior e para 138 embaixadas representadas no Brasil”.

Ainda segundo Diniz, o Estado, com toda a sua potencialidade, força e tradição econômica e política, precisa se preparar para o novo capitalismo, que ganhará maior força após a pandemia. O modelo será pautado pela busca do equilíbrio, preocupação social e ambiental.

“Minas precisa se mostrar e se posicionar para o futuro capitalismo. No pós-pandemia, o capitalismo será de equilíbrio, com desenvolvimento social, sustentável, dentro do ESG (sigla em inglês para ambiental, social e governança) juntamente com a relevância de uma economia circular. Esse é o mundo que vem pós-pandemia. Minas, se preparando para essa nova economia, terá uma grande atração de investimentos, gerando emprego, renda e diminuindo a desigualdade social”, destacou.

Trabalhando para a nova economia, Minas Gerais poderá se beneficiar. Segundo Diniz, a janela de oportunidades é grande. Isso porque no mundo tem uma liquidez imensa e os investidores estão em busca de projetos de qualidade e de conhecimento para investir.

“Com o ‘Minas Gerais Business Guide’ queremos tornar disponível todo o potencial de Minas. Este é o caminho que temos que percorrer, nesse admirável mundo novo”, explicou Diniz.

O presidente do Conselho Empresarial de Relações Internacionais da ACMinas, Sílvio Soares Nazaré, destacou que o estudo é um instrumento de promoção internacional do Estado e mostra o potencial e as oportunidades para investimentos estrangeiros.

“O estudo se consolida a cada ano como instrumento de promoção de Minas Gerais, o potencial e as oportunidades para investimentos em diversos setores da economia. Pela publicação, promovemos o Estado junto a todas as embaixadas, consulados, empresas públicas e privadas no Brasil e no Exterior”.

Guia – Editado em sete idiomas – português, inglês, mandarim, francês, árabe, italiano e espanhol -, além de estatísticas econômicas, sociais, turísticas e industriais, ainda fazem parte do guia o histórico do desenvolvimento socioeconômico de Minas Gerais e investimentos atuais por região.

O documento contém dados como o número de empresas, Produto Interno Bruto (PIB), população e dados técnicos. Além disso, estão presentes informações sobre os recursos naturais, energia, mapas do polo energético, educação, saúde e infraestrutura.

Também há dados do comércio exterior, balança comercial, principais produtos, destinos, compradores, vendedores e diversas análises econômicas em relação às trocas comerciais que Minas possui.

Os setores produtivos são apresentados, incluindo os setores de inovação, têxtil, biotecnologia, mineração, agronegócio, e-commerce, entre outros. Também são destacados os potenciais logísticos, de infraestrutura e localização.

As regiões são apresentadas com mapas e as principais características, mostrando também a importância de cada uma para o Estado. O ambiente de negócios também está presente, assim como as entidades que são essenciais para atrair, orientar e ajudar os investidores nos processos para a instalação em Minas.

Jornal Diário do Comércio | 28 de novembro de 2020

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Posts recentes

Siga a ACMinas

Assine nossa Newsletter

Receba nossa novidades em primeira mão por email.