Arrecadação do Estado teve um saldo de 8,7% em outubro

Fonte: Diário do Comércio

A arrecadação estadual somou R$ 4,758 bilhões em outubro e apresentou uma elevação de 8,7% em relação à de setembro (R$ 4,374 bilhões). Em comparação com o recolhimento de idêntico mês de 2016 (R$ 3,966 bilhões) também foi apurado aumento, de praticamente 20%. Os números foram divulgados pela Secretaria de Estado da Fazenda (SEF).

No acumulado do ano até outubro, a arrecadação de Minas chegou a R$ 46,652 bilhões contra R$ 42,680 bilhões nos mesmos meses de 2016, um aumento de 9,3%. Descontada a inflação oficial do País no período – medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) -, que foi de 2,21%, o resultado foi um crescimento real de 7,1%.

Com a receita tributária, o recolhimento do Estado alcançou R$ 4,392 bilhões em outubro, 6,8% a mais que em setembro (R$ 4,110 bilhões). Em relação ao igual mês de 2016 (R$ 3,710 bilhões), o aumento foi de 18,3%. A arrecadação de tributos representou 92,3% do total recolhido pelos cofres estaduais em maio.

O pagamento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) rendeu o recolhimento de R$ 4,078 bilhões em outubro, com avanço de 7,3% sobre o total de setembro (R$ 3,798 bilhões). Em relação à arrecadação do imposto no mesmo mês de 2016 (R$ 3,493 bilhões), houve evolução de 16,7%. O ICMS respondeu por 85,7% da arrecadação global em Minas para o período.

Entre janeiro e outubro, a arrecadação do ICMS no Estado totalizou R$ 36,677 bilhões, o que respondeu por 78,6% do recolhimento total de Minas no intervalo. Na comparação com os mesmos meses de 2016 (R$ 33,867 bilhões) foi registrado crescimento real (descontado IPCA do período) de 6%.

Entre os produtos e setores que mais recolheram ICMS em 2017 dentro do Estado, o destaque vai para o segmento de combustíveis e lubrificantes, com arrecadação da ordem de R$ 8,255 bilhões no acumulado até outubro, e o comércio de Minas, com o recolhimento de R$ 7,203 bilhões no período.

O pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) totalizou R$ 60,2 milhões em outubro, crescendo 40,9% sobre o mesmo mês de 2016 (R$ 42,7 milhões). Até outubro, o recolhimento do imposto somou R$ 4,422 bilhões contra R$ 4,166 bilhões nos mesmos meses de 2016, alta real de 3,9%.

A cobrança dos débitos referentes à dívida ativa de Minas Gerais gerou o recolhimento de R$ 866,4 milhões entre janeiro e outubro, um salto (real) de 93,8% frente aos R$ 442 milhões recolhido em idêntico intervalo do ano anterior.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Posts recentes

Siga a ACMinas

Assine nossa Newsletter

Receba nossa novidades em primeira mão por email.