BNDES dobra desembolsos para MPMEs

Fonte: Diário do Comércio

Em quase 30 anos, as micro, pequenas e médias empresas (MPME) dobraram sua participação nos desembolsos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Segundo o artigo “A atuação histórica do BNDES: o que os dados têm a nos dizer?”, estudo produzido pelo Departamento de Pesquisa Econômica do BNDES, em 1990-94, MPMEs ficavam em média com 16% dos desembolsos do banco de fomento. De 2015 a 2017, a participação ficou em 33%.

“Outra constatação dos autores é que os setores econômicos mais apoiados pelos BNDES variaram conforme a dinâmica da economia. Ao longo da história da instituição, a indústria recebeu a maior parte dos desembolsos do banco, mas, em certos períodos, como entre 2011 e 2017, o setor de infraestrutura se destacou.

Desde os anos 90, também ganharam força agropecuária e comércio e serviços (incluído neste último o apoio do BNDES a estados e municípios)”, diz nota divulgada ontem pelo banco.

Ainda conforme a nota, o artigo mostra também que, a partir dos anos 2000, o BNDES atingiu o maior tamanho de sua história.

Assine nossa Newsletter

Receba nossa novidades em primeira mão por email.