Com a queda das internações por Covid, Minas remaneja leitos para retomada de cirurgias eletivas

Por: TV Globo — Belo Horizonte

Em Minas Gerais, as cirurgias eletivas que estavam suspensas por causa da pandemia do novo coronavírus, já podem começar a ser remarcadas. Desde o dia 19 de agosto parte dos leitos de UTI e de enfermaria destinados exclusivamente ao tratamento de pacientes com Covid-19 estão sendo revertidos para leitos convencionais.

A mudança foi possível porque a taxa de ocupação de leitos de UTI, que está em 60,6%, permitiu o remanejamento para outras finalidades, além da Covid-19.

A manicure Vanessa Fátima de Sousa já espera cinco meses por uma cirurgia no útero.

“A primeira coisa que o médico falou comigo foi: você vai ter que tirar o útero. Eu perguntei, ‘como assim, tirar o útero?’ Ele falou eu ‘o nódulo está do tamanho de uma laranja’.

Em Belo Horizonte, 129 leitos de UTI e 369 de enfermaria já foram liberados para as antigas funções. Mas, se os indicadores da pandemia piorarem, a prefeitura pode voltar atrás.

“Não podemos acabar com os leitos de Covid porque a pandemia não acabou, a gente vai ter que conviver com essa situação durante algum tempo e esses leitos que estão sendo mobilizados de volta para suas indicações de origem podem ser revertidos pra Covid a qualquer momento em caso de subida dos indicadores”, alertou o secretário Municipal de Saúde Jackson Machado.

Segundo o professor de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais, Reinaldo Oliveira, as formas de tratamento evoluíram, o que permitiu uma melhor gestão dos leitos hospitalares.

“Muitos pacientes que teriam sido intubados no primeiro mês pelos critérios que a gente utilizava inicialmente, quando a gente conhecia pouco a doença, não são mais intubados, não precisam mais. Ou seja, a terapia intensiva de uma maneira geral está ficando cada vez mais eficiente pra tratar a doença”.

G1 | 20 de outubro de 2020

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Posts recentes

Siga a ACMinas

Assine nossa Newsletter

Receba nossa novidades em primeira mão por email.