Confiança dos consumidores de baixa renda sobe, enquanto os demais tiveram queda

O Índice de Confiança do Consumidor (ICC) subiu levemente em julho, puxado pelo Índice de Expectativa (IE), segundo a FGV. Enquanto o IE apresentou uma melhora, o Índice de Situação Atual recuou, indicando perda da força dos estímulos realizados pelo governo para aumentar a confiança dos consumidores. No entanto, a proximidade do período eleitoral torna as expectativas mais voláteis, devido à ausência de mudança dos fatores econômicos. Ademais, a melhora na confiança predomina nos consumidores de baixa renda, enquanto os demais tiveram um movimento contrário, com queda nas perspectivas futuras.

Assine nossa Newsletter

Receba nossa novidades em primeira mão por email.