Copom eleva Selic para 12,75%, a maior taxa desde 2017

O Copom elevou a taxa Selic em 1,0 p.p., para 12,75%. O Comitê ressalta a permanência de fatores de risco para a inflação no país:  cenário de lockdown na China, inflacionando insumos industriais; preço internacional do petróleo bastante elevado e as tensões geradas pela guerra na Ucrânia. Também descreve um crescimento da atividade econômica brasileira acima do esperado, desde a última reunião. Por fim, prevê que o impacto do aumento da Selic na inflação sóaconteça em 2023. A expectativa é que a Selic encerre o ciclo de alta na próxima reunião e feche o ano em 13,25%.

Assine nossa Newsletter

Receba nossa novidades em primeira mão por email.