Copom reduz taxa Selic para 2% ao ano

Leonardo Faria Lima – Economista ACMinas

Nesta última quarta-feira (05 de agosto), O Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) reduziu a taxa Selic de 2,25% para 2% ao ano – nona redução consecutiva. O novo corte renovou o recorde da série histórica.

A baixa inflação e incertezas econômicas foram preponderantes para a efetivação da medida. O Copom visa ampliar o mercado creditício, ou melhor, fazer o crédito chegar à ponta, especialmente, para as MPEs (micro e pequenas empresas).

Hoje, o financiamento de capital de giro, menos oneroso, é a primeira demanda dos micro e pequenos empreendedores brasileiros. Perante o ambiente de instabilidade edificado pela pandemia do coronavírus, este recurso financeiro é relevante para a sobrevivência das empresas e para a manutenção dos empregos.

Os efeitos do corte da Selic não são imediatos, contudo, eles irão estimular o crescimento da oferta de crédito no país. A nova redução também diminui a rentabilidade da poupança e dos investimentos em renda fixa.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Posts recentes

Siga a ACMinas

Assine nossa Newsletter

Receba nossa novidades em primeira mão por email.