Fake News: Como checar informações

Com o alto consumo de informações, disseminação e compartilhamento de notícias, a ACMinas promoveu um debate com o tema fake news durante a reunião dos presidentes dos Conselhos da entidadeA exposição alertou sobre a necessidade de consumir conteúdos de fontes segurapara compreender o atual cenário político e sanitário do paísNa ocasião, os presidentes dos Conselhos puderam aprender como checar a veracidade de uma notícia recebida antes de seu compartilhamento. No encontro os presidentes também tiveram a oportunidade de apresentarem os planos de trabalho para o ano de 2021.

O conteúdo sobre a fake news, foi apresentado pelo vice-presidente da ACMinas, José Epiphânio, que apontou o imediatismo para se manter informado como resultado de uma necessidade da população em ter um acesso mais rápido as notícias, o que segundo ele resulta em uma sociedade exposta a várias consequências, e, uma delas é a disseminação de fake news e a dificuldade em identificar o que é fato ou uma notícia falsa. 

“Desconfiar sempre mesmo quando tiver certeza, pois, sem dados temos somente opiniões próprias ocasionalmente impróprias” disse José Epiphânio ao alertar sobre a divulgação de notícias equivocadas “faz muito mal ao país, aos próprios consumidores das informações e para a sociedade”.  

Esse assunto é importante para os Conselhos da ACMinas, pois são fontes de informações de grande relevância para os associados e para o público em geral” disse Marcos Brafman, coordenador dos Conselhos Empresariais e vice-presidente da ACMinas, sobre o material apresentado. O presidente da entidade, José Anchieta da Silva, reafirmou a importância de se debater sobre a fake news para a entidade.  

Além dessa apresentação, a ACMinas disponibiliza um artigo sobre o assunto, e pode ser acessado no site www.acminas.com.br
 

Conselhos Empresariais ACMinas  

Foram apresentadas quase 100 ações em benefício dos associados, evidenciando o valor de cada Conselho Empresarial e força estabelecida pela interação entre eles. Confira:  

Recursos Humanos – Neste momento de pandemia, muitas empresas passam por grande crise e precisam de um suporte. Com isso, a presidente do Conselho Empresarial de Recursos Humanos da ACMinas, Eliane Maria Ramos de Vasconcellos, planeja um ciclo de palestras sobre gestão das pessoas. As palestras buscarão um olhar na saúde, segurança e bem estar, visando tanto o empreendedorismo quanto o planejamento de negócios e financeiro. 

Mineração e Siderurgia – Belo Horizonte é a capital mineira da mineração, segundo o presidente do Conselho Empresarial de Mineração e Siderurgia, Adriano Espeschit o conselho busca para 2021, um olhar para oportunidades, focado em minérios de baixo teor. “Traz benefícios pois os minérios brasileiros são usados para fazer correções de qualidade nas misturas de minérios” enfatizou. 

Mulher Empreendedora – Rayssa Damásio, vice presidente do Conselho Empresarial da Mulher Empreendedora, esteve representando a presidente do Conselho Alessandra Alkmim. Damásio relatou que os projetos para este ano seguem focados em ações online, como lives e seminários. produção de conteúdo nas redes sociais para maior alcance e a retomada do projeto de mentorias para as associadas também faz parte do planejamento. Assim como a abordagem de pautas voltadas para o empreendedorismo feminino, empoderamento de mulheres, diversidade, inclusão, parcerias internacionais, capacitação e desenvolvimento. O Conselho está organizando a rodada de Negócios Internacionais entre Minas Gerais e o Chile. 

Produtividade – Conselho Empresarial de Produtividade, segundo o presidente Carlos Alberto Vilefortvai produzir um guia prático de trabalho em home office. Com a pandemia várias pessoas foram pegas de surpresa e o guia que será feito de uma forma mais técnica e profissional, “buscará contribuir com todos os associados e com a sociedade” afirmouSegundo o presidente, o Conselho enseja pela criação do projeto para abertura de uma biblioteca virtual no site da ACMinas de acesso aos associados. 

Sustentabilidade – Em vista as mudanças do Estado, o presidente do Conselho Empresarial de Sustentabilidade, Cleinis Faria afirmou que pretende fortalecer a representação junto ao Conselho Estadual de Meio Ambiente. Segundo Cleinis, ele buscará para este ano orientar e capacitar os associados na medida da demanda de informações e a necessidade dentro das normas ambientais. 

Educação – O Conselho Empresarial de Educação planeja incentivar os associados a investir na contratação menores aprendizes em situação de vulnerabilidade socialSegundo o presidente do Conselho, Evandro Neiva, a intenção é focar em jovens que estão fora da escolaalém de egressos do sistema prisional, servindo de apoio para a sua reabilitação social. O projeto conta com a colaboração direta dSecretaria de Estado de Informação. Outro evento idealizado que está por vir é a retomada do Prêmio Charles Lotfi que busca homenagear diretores e escolas públicas 

Economia – Guilherme Leão, presidente do Conselho Empresarial de Economia afirmou que em 2021 o Conselho está organizando o webinar Custo Brasil, com o secretário de Desenvolvimento da Indústria Comércio Serviço de Mineração da Economia. O Conselho também pretende trabalhar com temáticas diversas a fim de melhorar a comunicação com os associados. Além disso, o Conselho pretende selecionar legislações federais, estaduais e municipais em análise para desenvolver debates e prever parcerias e posicionamentos favoráveis ou desfavoráveis para a entidade

Saúde – Uma das dificuldades notadas este ano pela presidente do Conselho Empresarial de Saúde da ACMinas, Isis Sant’Ana, além da pandemia, é o mindset das pessoas para com os protocolos de segurança. Visando isso, o Conselho dará início à uma ação de divulgação científica para a desmistificação de perigos e protocolos relacionados a Covid-19. A ação busca evitar a propagação de fake news sobre a pandemia, levando a informação clara e objetiva para a sociedade. 

Assuntos Jurídicos – O Conselho Empresarial de Assuntos Jurídicos, liderado por João Café, pretende colocar o Conselho a disposição para apoiar aos demais Conselhos.  Além do esforço junto ao Tribunal de Justiça de Minas Gerais para a virtualização de processos judiciais. O Conselho também buscará a implantação do projeto Empresários sem Protestos e da Mediação dos Processos Judiciais. 

Empreendedorismo Jovem – Segundo o presidente do Conselho Empresarial de Jovens, Marco Tulio Campolina, o Conselho dará continuidade ao projeto dos comitês estratégicos. Os comitês consistem em encontros virtuais entre membros do Conselho de segmentos diferentes para avaliar e aconselhar sobre desafios enfrentados. O Conselho também planeja a troca de experiências ente associados e empresas de forma presencial para o segundo semestre, respeitando as orientações para a contenção da Covid-19.  

Inovação – O Conselho Empresarial de Inovação representado na reunião pela vice-presidente, Francis Fernandes visa produzir cartilhas sobre inovação e publicação de artigos no site da ACMinas. Francis também apresentou o projeto Apadrinhe um Associado, no qual empreendedores consolidados se disponibilizam a aconselhar empresários que estão começando.  

Cultura – Jorge Carlos Borges de Souza, presidente do Conselho Empresarial de Cultura, apresentou que o Conselho pretende realizar uma ação conjunta com a Secretaria Municipal de Cultura para a elaboração de um concurso público. O concurso é sobre as boas práticas de retorno dos eventos culturais com segurança sanitária. Além disso, o Conselho também espera a retomada do projeto 100 anos da Semana da Arte Moderna de 1922, um projeto com a Secretaria do Estado de Cultura. 

Turismo – O presidente do Conselho Empresarial de Turismo, Octávio Elísio busca em 2021, em uma parceria forte com o Conselho de Cultura, valorizar a diversidade de patrimônio natural e histórico de Minas Gerais. O presidente discutiu possíveis parcerias para fazer com que Belo Horizonte se torne a porta de entrada de turismo estrangeiro no país. 

Seguros – Segundo o presidente do Conselho, Sérgio Frade, em momentos de crise os seguros se tornam cada vez mais relevantes e destaca a importância dos debates que serão propostos ao longo do ano. O conselho também busca, este ano, avaliar o seguro em duas vertentes, proteção de ativo e operações a vida e assuntos que leve impactos e benefício aos associados de forma prática. 

Relações Internacionais – O último Conselho a ser apresentado foi o de Relações Internacionaiscom nova diretoria de Claudio Motta qubuscará este ano mostrar investimentos e oportunidades sobre Brasil, começando pelo webinar Brasil e África. Além de projetos que buscam estabelecer Minas Internacional como o Internacionaliza BH, mostrando o que Minas Gerais e Belo Horizonte tem de melhor. Silvio Nazaré despede-se do cargo de presidente do Conselho e afirma “chega um momento, ou até mesmo a idade que é preciso passar o cargo para colaboradores mais novos e proativos com mais vigor para dar o que de fato a ACMinas e o Conselho de Relações Internacionais merece”. Na oportunidade, Silvio falou sobre a posse de Claudio Motta tenho certeza que ele com sangue novo e proatividade irá fazer um upgrade no nosso Conselho” 

“A ACMinas lhe agradece de modo terno e permanente, por todos esses anos com ligeiro interregno que presidiu e muito bem, esse relevante conselho” disse o presidente da ACMinas José Anchieta da Silva diante da despedida do ex presidente do Conselho de Relações Internacionais.

Assista agora:

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Posts recentes

Siga a ACMinas

Assine nossa Newsletter

Receba nossa novidades em primeira mão por email.