Minas Trend deve gerar R$ 30 milhões em negócios

Diário do Comércio

A 21ª edição do Minas Trend, que apresenta as tendências para as estações outono/inverno 2018, foi aberta ontem e vai até o dia 6 no Centro de Feiras e Exposições George Norman Kutova (Expominas), na região Oeste de Belo Horizonte.

O evento, realizado pela Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), em parceria com a Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig), reúne 220 marcas nos segmentos de vestuário, joias, bijuterias, bolsas/calçados e acessórios, no ano passado eram 180. Nesta edição, 26 marcas estreiam no Minas Trend, que também promove, além de 12 desfiles, o maior salão de negócios de moda do Brasil. Este ano, o evento passou de 160 estandes para 250.

Em entrevista coletiva ontem, o presidente da Fiemg, Olavo Machado Junior, e o presidente da Codemig, Marco Antônio Castelo Branco, falaram da importância do evento para a economia do Estado e toda a cadeia produtiva. Segundo Machado, foram investidos cerca de R$ 10 milhões na produção dessa edição, cuja estimativa de impacto na economia mineira chegue a R$ 30 milhões por edição.

“Falamos do segundo maior setor empregador de Minas Gerais, com mais de 135 mil postos de trabalho em cerca de 10 mil empresas”, ressaltou o presidente da Fiemg ao ser questionado sobre os benefícios trazidos pelo evento ao Estado.

O governo de Minas, por meio da Codemig, repassou cerca de R$ 1 milhão para a sua realização. Os recursos são resultado de um compromisso assumido pelo órgão com a Fiemg, em abril deste ano, no valor de R$ 3.677,500 para garantir a realização de quatro edições do evento (2017, 2018, 2019).

Segundo Olavo Machado, o compromisso da Fiemg no Minas Trend é com a geração de negócios. “De moda não entendo, só sei dizer o que acho bonito ou feio. Mas o que posso dizer é que a cada ano o evento se supera. Prova de que está dando certo”, resumiu, garantindo ainda que o patrocínio será mantido pela entidade após sua saída. “Acredito que o meu sucessor, desde que seja eleito o que eu apoio, dará continuidade. É um compromisso assumido pela Fiemg, ainda na gestão do Robson Andrade, e que está dando certo”, enfatizou.

Para Castelo Branco, a continuidade institucional é fundamental. Ele também assegurou o apoio da Codemig ao Minas Trend até a sua independência e autossustentabilidade. A Codemig é parceira do Minas Trend desde a 16ª edição.

Nesta edição, são esperados um crescimento de 10% no volume de negócios ante a última, realizada em abril.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Posts recentes

Siga a ACMinas

Assine nossa Newsletter

Receba nossa novidades em primeira mão por email.