Nestlé investirá cerca de R$ 200 mi

Fonte: Diário do Comércio

A Nestlé anunciou investimentos da ordem de R$ 200 milhões em sua unidade Dolce Gusto, em Montes Claros, no Norte de Minas, visando duplicar a capacidade fabril das cápsulas multibebidas. A planta, instalada no município, há menos de dois anos, nasceu com capacidade de expansão e já se fala em novas ampliações no médio prazo, visando outras linhas de produção. A concorrente, 3Caffi, indústria de cápsulas da Três Corações, também já planeja sua expansão no município.

A informação é do secretário de Desenvolvimento Econômico de Montes Claros, Edilson Carlos Torquato. “Mais do que isso. Estamos nos esforçando junto às empresas para nos tornarmos realmente um polo na área de café em cápsulas e trazer para o município também os seus fornecedores, criando um cinturão com toda a cadeia produtiva”, disse.
Segundo ele, o potencial existe e o Executivo municipal tem se esforçado para que aconteça, contando também com o incentivo do Estado, por meio da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig), na criação do segundo Distrito Industrial (DI).

“Assim como já estamos nos tornando referência em outros segmentos, como o de fármacos, esse (de cápsulas) também muito nos interessa. E podemos oferecer aos demais integrantes da cadeia produtiva certos incentivos de instalação na cidade, como descontos e isenção de impostos e cessão de áreas”, explicou.

Em relação ao investimento anunciado pela Nestlé, Torquato afirmou que só veio para corroborar ainda mais essa intenção do município. Para o secretário, por se tratar da única fábrica de cápsulas da marca fora da Europa e recebendo um montante expressivo em aportes, tratando-se de uma marca conceituada mundialmente, pode atrair novos investidores. “É uma maneira de mostrar para o mundo nosso potencial”, ponderou.

Conforme divulgado pela empresa, os R$ 200 milhões serão aplicados na instalação de duas novas linhas de produção, o que equivale ao dobro da atual capacidade da fábrica, chegando a 800 milhões de cápsulas por ano.

Geração de empregos – A expansão vai garantir também a criação de outros 80 novos postos de trabalho diretos, gerando outras oportunidades de desenvolvimento econômico para a região. Atualmente, a fábrica conta com mais de 100 colaboradores diretos na unidade. Há ainda outros 160 colaboradores diretos que trabalham na unidade vizinha, que produz leite condensado.

A planta produz 13 variedades de produtos, divididos entre cafés (Espresso, Espresso Intenso, Barista, Matinal) e outras bebidas (Capuccino, Café au lait, Choccocino, Nescau, Cortado, Latte Macchiatto, Vanilla Latte Macchiatto, Mocha e Chai). As duas novas linhas serão destinadas à produção dessas variedades de cápsulas de café e bebidas do portfólio. Além do mercado nacional, os produtos são destinados à Argentina, Paraguai e Uruguai.
A fábrica foi instalada no Norte de Minas em 2016 com investimentos da ordem de R$ 220 milhões e já nasceu operando com sua capacidade total.

Na época da inauguração, o CEO da Nestlé Brasil, Juan Carlos Marroquín, afirmou que o início da operação em Montes Claros representava uma importante evolução para o mercado brasileiro de cafés. Ele disse ainda que o município foi escolhido devido à localização estratégica, à infraestrutura adequada, à mão de obra disponível e à proximidade com as regiões produtoras de matérias-primas. O terreno onde a fábrica está instalada possui 133,70 mil metros quadrados.

Assine nossa Newsletter

Receba nossa novidades em primeira mão por email.