Parte do Circuito da Praça da Liberdade, em Belo Horizonte, aguarda reabertura

Por: MG1 — Belo Horizonte

 

Muitos prédios do Circuito Cultural da Praça da Liberdade, em Belo Horizonte, continuam fechados por conta da pandemia.

No fim do mês passado, o governo de Minas Gerais publicou um decreto transferindo a gestão dos espaços, que era do Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico (Iepha), para a Secretaria de Cultura e Turismo, com objetivo de ampliar o circuito e expandir o roteiro cultural do estado.

Segundo o secretário estadual de Cultura e Turismo, Leônidas Oliveira, o Palácio da Liberdade será reaberto para visitação no dia 2 de dezembro. “Nos próximos meses a tendência é que o Circuito abra por inteiro”, disse o secretário.

A Praça da Liberdade é roteiro certo para turistas que visitam a cidade. No passeio, é possível observar a arquitetura do século XIX com uma diversidade que vai da influência francesa ao modernismo nas curvas de Niemeyer.

O espaço foi criado para abrigar os prédios da sede do governo mineiro e tombado pelo patrimônio histórico em 1977. Além da biblioteca, onde há pessoas sem-teto morando na entrada, também estão fechados o Palácio da Liberdade, o Prédio Verde, sede do Iepha, e o prédio da UEMG.

Com a mudança de gestão, estão sendo investidos R$ 11 milhões na adequação e na restauração dos prédios do estado. O projeto de ampliação já começou. Além dos 16 prédios que faziam parte do circuito, mais cinco espaços foram incorporados: Casa Funarte Liberdade, Museu dos Militares Mineiros, Mineiraria, Sala Minas Gerais e Fundação Clóvis Salgado.

G1 | 23 de novembro de 2020

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Posts recentes

Siga a ACMinas

Assine nossa Newsletter

Receba nossa novidades em primeira mão por email.