Presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, defende fim da reeleição e fala sobre “fundão eleitoral” e reforma tributária em Webinar da ACMinas

A Associação Comercial e Empresarial de Minas recebeu, hoje (22/02), o Senador e presidente do Senado, Rodrigo Pacheco.

O presidente do Senado voltou a defender o fim da reeleição para cargos do Poder Executivo – municipal, estadual e federal. Pacheco falou, ainda dentro do âmbito de uma reforma política, sobre o financiamento de campanhas eleitoral e o chamado “fundão”, e também detalhou alguns pontos da reforma tributária. 

Assista ao Webinar

Na abertura da reunião plenária da ACMinas, que teve como palestrante o senador mineiro, o presidente da entidade, José Anchieta da Silva, reafirmou que a Entidade está entre as instituições que figura como “amicus curiae” – amigo da corte, em latim – em uma Ação Direta de Inconstitucionalidade que tramita no Supremo Tribunal Federal contra a destinação de cerca de R$ 6 bilhões do orçamento público da União para o Fundo Eleitoral. “O orçamento brasileiro não tem espaço condizente para a educação, para a saúde e para a infraestrutura e a conta, nas eleições deste ano, na rubrica do tal de “fundão” custará à sociedade brasileira, algo próximo de seis bilhões de reais. O “fundão” Senhor Senador, nos desmoraliza como democracia”, criticou Anchieta.

Leia a íntegra da abertura proferida pelo presidente da ACMinas, José Anchieta da Silva.

discurso Rodrigo Pacheco (1)

Assine nossa Newsletter

Receba nossa novidades em primeira mão por email.