S.O.S Hipercentro

A Prefeitura de Belo horizonte vai reforçar, para o fim-do-ano, a repressão ao comércio ilegal no Hipercentro, a apreensão de mercadorias e já está acelerando a regulamentação do espaço de artesãos e hippies na região. O anúncio destas ações foi feito, na tarde desta quinta feira, durante reunião extraordinária do S.O.S hipercentro, na sede da ACMinas. As providências foram anunciadas pelo subsecretário de Fiscalização da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos, José Mauro Gomes . Também na reunião, o major Cintra, do 1º Batalhão da PM, destacou que o efetivo do Hipercentro já foi reforçado entre 8 e 20 horas.

As providências anunciadas, segundo o presidente da ACMinas, Lindolfo Paoliello, atendem a solicitação do Movimento S.O.S. Hipercentro mas há necessidade de medidas adicionais, como o aumento das equipes volantes da Guarda Municipal, da repressão ao camelôs e da fiscalização das atividades disciplinadas de hippies, artesãos e deficientes físicos. Participaram também da reunião o vereador Gabriel Azevedo, além do presidente e da diretora-secretária da Associação dos Comerciantes do Hipercentro, Flávio Froes e Jaqueline Bacha.

Assine nossa Newsletter

Receba nossa novidades em primeira mão por email.