Segundo deputado, deve vir por aí novo “pacote de maldades” do governo de Minas

O deputado estadual Antonio Carlos Arantes (PSDB) voltou a denunciar, na reunião plenária da ACMinas desta terça feira, o “furor tributário” do governo mineiro. Segundo afirmou, o governador, além de já ter praticado dois aumentos sucessivos nas alíquotas do ICMS, tem nada menos de três projetos de lei em tramitação na Assembleia Legislativa que implicarão em ônus para o cidadão.
Além disso, propôs alterações em diversos artigos da Lei 21.735, de 2015, que dispõe sobre a constituição de créditos estaduais não tributários, de modo a antecipar prazos de recolhimento. Ainda segundo o parlamentar, o governo do Estado vem fazendo das multas – como aquelas relativas a questões ambientais – uma verdadeira indústria.
Para Arantes, “o pacote de maldades do governo deverá voltar neste fim de ano, como aconteceu em 2015 e 2016, e Deus sabe lá o que vão colocar ainda em tramitação”.

Assine nossa Newsletter

Receba nossa novidades em primeira mão por email.