Verifique se sua empresa não está em situação irregular na JUCEMG

Empresas em situação irregular podem ser declaradas inativas

Quase 28 mil empresas que não atualizaram suas informações no Cadastro Nacional de Empresas Mercantis não registraram qualquer ato Junta Comercial do Estado de Minas Gerais (JUCEMG) nos últimos 10 anos poderão ser canceladas administrativamente. Esta medida, segundo o órgão, não implica na extinção da empresa, mas declara sua inatividade, o que resulta na perda da proteção do nome empresarial garantida em seu registro e o envio da situação de inatividade às autoridades arrecadadoras – Receitas Estaduais e Federal, INSS e Caixa Econômica Federal, conforme prevê a legislação.

De acordo com a JUCEMG, o prazo para a atualização no Cadastro Nacional de Empresas Mercantis, que estava fixado em 31 de dezembro do ano passado, foi prorrogado para 30 de abril próximo. Para evitar o cancelamento, as empresas deverão comunicar ao órgão, dentro do novo prazo, se desejam manter-se em funcionamento ou pretendem a paralisação temporária de suas atividades ou, ainda, o arquivamento de alterações de dados ocorridas na última década.

Consultas à listagem de empresas sujeitas ao cancelamento administrativo podem ser feitas no site do órgão (www.jucemg.mg.gov.br), na aba informações, item 2.

Assine nossa Newsletter

Receba nossa novidades em primeira mão por email.