Zema anuncia crédito de R$ 1,1 bilhão para micro e pequenas empresas via BDMG

Em pronunciamento nesta quarta-feira (8), o governador de Minas, Romeu Zema (Novo), anunciou que micro e pequenas empresas do Estado terão acesso a uma linha de crédito de R$ 1,1 bilhão, disponibilizada por meio do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG) – o anúncio foi feito ao lado do presidente da entidade, Sérgio Gusmão.

Empreendimentos de todos os setores que faturem até R$ 4,8 milhões por ano estão aptas a tomar financimento. A taxa de juros cobrada será de 0,83% e os empresários terão seis meses de carência. O objetivo, explica Gusmão, é dar liquidez às empresas para que suportem a crise provocada pela pandemia do novo coronavírus. Interessados podem fazer simulação e contratação do empréstimo por meio das plataformas digitais do banco.

A medida anticíclica tem sido chamada de BDMG Solidário e está focada no atendimento a 735 mil micro e pequenas empreendimentos, que correspondem a um quarto do Produto Interno Bruto (PIB) de Minas e por 60% dos empregos no Estado, de acordo com informações do Sebrae-MG.

O banco estadual também revisou regras de um outro programa, anunciado no dia 16 de março, dedicado especificamente para micro e pequenas empresas do setor de saúde. Agora, elas precisam apenas do cadastro eletrônico na Receita Federal para requisição de crédito, dispensando-se a necessidade de outros documentos.

Um outro programa anunciado em 24 de março, dedicado ao setor de turismo, que alcança até 70 ramos comerciais, também passou por revisão. Agora, esse grupo de empresas passa a ter carência dilatada, chegando a 12 meses, para o pagamento de financiamentos pelo BDMG.

Em uma outra frente, foi lançado um programa de renegociação de dívidas. Empresários adimplentes poderão adiar parcelas em até 90 dias, “permitindo que atravessem o período mais crítico da crise”, explica Gusmão.

Zema alertou que “muitas outras (ações) serão necessárias”. “Já alertei o Sérgio (Gusmão) que isso é pouco, que precisamos de mais recursos para as micro e pequenas empresas. Espero estar amenizando toda essa situação tão triste que estamos vivendo”, disse o governador de Minas.

Jornal O Tempo | 08 de abril de 2020

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Posts recentes

Siga a ACMinas

Assine nossa Newsletter

Receba nossa novidades em primeira mão por email.