LOGÍSTICA E INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTES

TRANSPORTE TERRESTRE

Minas Gerais é e estado da região Sudeste do Brasil, conhecida por ser a mais desenvolvida e com o maior mercado de todo o país, chegando à conter 50% do PIB brasileiro. Devido o seu tamanho e sua posição geográfica em relação aos demais estados do Sudeste, ele acaba se tornando um corredor que liga diversas regiões do país, fazendo divisa com São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Bahia, Goiás, Mato Grosso do Sul e uma proximidade com o Distrito Federal (Brasília).

As riquezas presentes no estado e a necessidade de explorar esse potencial econômico riquíssimo, exige que Minas Gerais apresente uma estrutura logística forte, para conseguir catalisar bons negócios.

 

RODOVIAS

Rodovia Fernão Dias (BR 381): Liga as regiões metropolitanas de Belo Horizonte e de São Paulo sendo um dos mais importantes eixos de transporte de carga de todo o Brasil. Esta rodovia corta o Sul de Minas, a principal região produtora de café do mundo e que conta com importantes parques fabris.

BR-040 – Rio de Janeiro – Belo Horizonte – Brasília: Com 1.148 km, sendo 716 km em território mineiro, essa importante rodovia nacional atravessa relevantes polos industriais e agrícolas, além de áreas de extração mineral. Principal via de acesso às cidades históricas do estado.

Rio-Bahia (BR 116): Une as regiões Nordeste ao Sudeste e Sul do país. Em território mineiro atravessa a Zona da Mata e os vales dos rios Doce, Mucuri e Jequitinhonha.

BR 262: Liga o complexo portuário do Espirito Santo à região Centro-Oeste do País, principal área produtora de grãos do Brasil.

MG-050: Rodovia estadual, com extensão total de 406,7 km, liga a Região Metropolitana de Belo Horizonte a São Sebastião do Paraíso, município próximo à divisa com o estado de São Paulo.

BR-050: Liga São Paulo a Brasília (Distrito Federal) e perpassa a região do Triângulo Mineiro.

 

Existe um Programa de Concessões Rodoviárias elaborado pela Secretaria de Estado e Infraestrutura e Mobilidade (Seinfra) que foi lançado em maio de 2019 que procurava atrair investimentos para lotes rodoviários estaduais, gerando empregos e impulsionando o desenvolvimento do estado. No ano de 2020, o secretário Marco Aurélio Barcelos anunciou uma parceria com o Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES) para estudos de concessão de três mil quilômetros de rodovias. A expectativa é que seis dos sete lotes estejam inclusos nos estudos do BNDES e que os lotes sejam lançados dois a dois, começando com Triangulo Mineiro e Pouso Alegre/Itajubá.

 

 

FERROVIAS

Em Minas Gerais há 2,5mil km de rodovias em funcionamento, cerca de 8% da totalidade presente no Brasil. Essas ferrovias são operadas por três empresas, MRS Logística S/A, Ferrovia Centro-Atlântica S/A e Valor Logística – VLI.

MRS Logística S/A
A MRS é uma operadora logística que opera uma malha ferroviária de extrema importância, conectando regiões produtoras de commodities mineiras e agrícolas, parques industriais, grandes centros de consumo e cinco dos maiores portos do país, transportando um terço da produção do país equivalendo a metade do PIB brasileiro. Responsável por escoar 20% da produção nacional, transportando containers, produtos siderúrgicos acabados, cimento, bauxita, produtos agrícolas, coque, carvão e minério de ferro.

Valor Logística Integrada – VLI
Responsável por sustentar as operações da VALE S/A no estado operando trens de longa distancia, além de prestar serviços para terceiros. A Estrada de Ferro Vitória-Minas, com extensão de 905 km, conecta as operações de minério de ferro do interior de Minas Gerais ao Porto de Tubarão, no estado do Espírito Santo. As cargas transportadas são o minério de ferro da Vale e carga geral para terceiros (carvão e produtos agrícolas).

Ferrovia Centro Atlântica – FCA
Detêm o controle das ações da maior ferrovia do país, com 7.080 km de extensão, que abrange os estados de Minas Gerais, Goiás, Rio de Janeiro, Bahia, Sergipe e Distrito Federal, fazendo ligação com os portos marítimos do Rio de Janeiro, Vitória, Angra dos Reis e Salvador. Além disso, a FCA se junta com à MRS e à Estrada de Ferro Vitória – Minas por meio de duas linhas: Linha Cerrado que a liga aos portos de Vitória, Tubarão e Barra do Riacho, transportando produtos agrícolas e a Linha Minério, utilizada para transporte de minerais, calcário e produtos para siderurgia. Outras cargas transportadas são petróleo, cimento, ferro gusa e grãos.

 

TRANSPORTE AÉREO

O mais importante aeroporto de Minas Gerais esta localizado no município de Confins, a 40km do centro da capital Belo Horizonte. Posicionado no eixo São Paulo – Rio de Janeiro – Belo Horizonte, considerados os principais eixos consumidores do país, com capacidade superior a 20 milhões de passageiros por ano, operando com mais de 40 destinos nacionais e internacionais. Conecta-se com indústrias de transformação, hotéis, empreendimentos comerciais e residenciais. A capital de Minas Gerais conta, também, com o Aeroporto da Pampulha, usado para voos regionais e aviação executiva.

Aeroportos no Interior de Minas Gerais
Minas Gerais apresenta ainda diversos outros aeroportos que operam no interior do estado com linhas regulares de transporte aéreo. As cidades que contém esses aeroportos são: Montes Claros, Uberlândia, Uberaba, Araxá, Patos de Minas, Poços de Caldas, Varginha, Pouso Alegre, Divinópolis, Juiz de Fora, São João Del Rei, Ipatinga, Governador Valadares e Diamantina.

 

ESTRUTURAS ADUANEIRAS

Por não apresentar nenhum litoral, faz-se importante a presença dos portos secos em Minas Gerais, com o objetivo de acelerar os processos de desembaraço alfandegário, juntamente com as unidades do Centro Logístico Industrial Aduaneiro (CLIA) e do Recinto Especial para Despacho Aduaneiro de Exportação (REDEX). Esses portos estão localizados nas cidades de Betim, Juiz de Fora, Pouso Alegre, Uberaba, Uberlândia e Varginha, conforme mostra o mapa a seguir:

CONEXÃO COM OS PORTOS MARÍTIMOS

As operações logísticas em Minas Gerais integram-se aos portos marítimos em São Paulo – Porto de Santos, Rio de Janeiro – Porto de Açu e Espírito Santo – Complexo de Tubarão.

Porto de Santos

Considerado o maior complexo portuário da América Latina, correspondendo a quase um terço das trocas comerciais brasileiras. Administrado pela Companhia Docas do Estado de São Paulo (CODESP), localiza-se a 70 km do maior mercado consumidor e produtor do país, a Grande São Paulo.

O escoamento da carga proveniente dos ramais da MRS Logística e Ferrovia Centro Atlântica S/A (FCA) é realizado via modal ferroviário para o complexo, que apresenta-se como maior exportador de café em grãos, soja, milho, automóveis e produtos industrializados em geral.

Porto de Vitória

Localizado no estado do Espírito Santo, sedia o Complexo de Tubarão, maior produtor de pelotas do mundo além de conter o maior pátio ferroviário da América Latina que junto com as oito usinas de pelotas da Vale S/A, produzem 20 milhões de toneladas por ano.

Porto do Açú

Moderno complexo porto-indústria instalado em São João da Barra, ao norte do estado do Rio de Janeiro e a 123 Km do centro da Bacia de Campos, apresenta amplo potencial para otimizar as operações logísticas das empresas mineiras, tanto pela via do escoamento da produção, quanto pela importação de insumos e recursos.

É o único porto privado do Brasil, sem fila e espera para atracação além de possuir uma Zona de Processamento de Exportação. Esta área tem perfil ideal para atender indústrias como as metal-mecânicas, de mineração, petroquímicas, de rochas ornamentais e agroindústria, com infraestrutura para adicionar valor às exportações, em uma sólida cadeia de produção de Minas Gerais para o mundo.

É considerado um porto de classe-mundial por apresentar parcerias com Porto de Antuérpia Internacional (PAI) na Europa, com o Porto de Houston nos Estados Unidos e com o Porto de Guandzhou na China.

Porto do Açu, na cidade de São João da Barra, no estado do Rio de Janeiro.
Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Insigne

Curabitur non nulla sit amet nisl tempus convallis quis ac lectus.

Services

Head Office