Quais os principais efeitos da Pandemia do COVID-19 sobre a economia e as empresas?

Quais os principais efeitos da Pandemia do COVID-19 sobre a economia e as empresas?

É certo que teremos uma recessão em 2020. A questão neste momento é entender qual a profundidade da recessão que teremos pela frente e isso tem relação direta com o tempo de duração das medidas de isolamento social e restrição à atividade econômica determinadas pelos governos.

Parece claro também que após superada essa pandemia a retomada econômica será lenta, mesmo com todas as medidas econômicas adotadas pelo governo para amenizar os impactos da pandemia sobre as pessoas e empresas.

Efeitos da Pandemia do COVID-19 sobre a economia e as empresas:

  • Provável recessão profunda no Brasil e no mundo.
  • Implica em forte retração das vendas e faturamento das empresas de todos os setores e portes, especialmente, no primeiro semestre.
  • Atividade econômica deve iniciar recuperação lenta e gradual somente no segundo semestre, pressupondo que a pandemia esteja controlada no mundo até junho.
  • Elevação do desemprego formal e, por conseguinte, da renda agregada disponível para o consumo.
  • Forte queda na atividade e renda das pessoas que vivem na informalidade, fruto do isolamento social.
  • Impacto sobre a saúde financeira das micro, pequenas e médias empresas.
  • Elevação do endividamento bancário e inadimplência (pessoas física e jurídica).
  • Queda acentuada dos investimentos.
  • Queda nos índices de confiança, face ao alto nível de incerteza (consumidores e empresários).
  • Severa deterioração das contas públicas, especialmente, da União e estados (menos receita, mais gastos).
  • Queda do comércio exterior e investimentos diretos estrangeiros.
  • Aumento da violência e risco de crise social, principalmente nas grandes cidades.
  • Caso não se consiga criar mecanismos para a sobrevivência das pessoas que perdem 100% de sua renda, perde-se também o controle sobre a pandemia (o isolamento), pois as pessoas vão para as ruas em busca de renda.
  • Inflação sob controle.
  • Taxa de juros (SELIC) reduzida.

 

Medidas já divulgadas pelo governo federal e estadual que podem ajudam a amenizar os efeitos provocados pela pandemia do COVID-19

Ressalva:Este documento foi elaborado com base em informações e regulamentações, algumas em tramitação, divulgadas pelo governo (federal, estadual e municipal) até o dia 01/04/2020.

Todas as normas apresentadas a seguir foram sintetizadas. Por isso, é imprescindível a análise completa das legislações pertinentes e alinhamento prévio com seu contador.