Outubro Rosa: 5 perguntas importantes para a prevenção do câncer de mama

Entenda como a mamografia pode detectar o câncer de mama e como o exame pode salvar vidas

 

 

O Outubro Rosa é uma campanha mundial que visa conscientizar as mulheres sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama, o tipo de câncer mais comum entre elas. Neste post, vamos responder algumas dúvidas frequentes sobre essa doença e mostrar como a mamografia pode ser uma aliada na sua detecção.

 

O câncer de mama é hereditário?

A genética pode representar um fator de risco, mas a Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM) alerta: mais de 80% dos casos de câncer de mama não contam com histórico familiar prévio.

 

Quais são as causas do câncer de mama?

Não é possível determinar uma causa específica, mas alguns fatores estão associados a maior incidência da doença, como obesidade, sedentarismo, menopausa após os 55 anos, dentre outras causas.

O risco de desenvolver o câncer de mama aumenta com a idade, sendo mais comum entre mulheres a partir dos 50 anos de idade.

O câncer de mama em homens é raro: representa apenas 1% dos casos, sendo mais comum em homens com mais de 60 anos e com histórico familiar de mulheres com câncer de mama ou de ovários.

 

Quais os sintomas?

Ao perceber suas mamas em ações rotineiras, é importante que a mulher fique especialmente atenta aos seguintes sintomas:

  • Nódulo (caroço) fixo e geralmente indolor
  • Pele da mama avermelhada, retraída ou parecida com casca de laranja
  • Alterações no mamilo (bico do peito)
  • Pequenos nódulos nas axilas ou no pescoço
  • Saída espontânea (sem forçar) de líquido de um dos mamilos

 

Lembre-se que esses sintomas não significam que há um diagnóstico de câncer. Consulte o médico para qualquer diagnóstico.

 

Com que idade se deve fazer a mamografia?

A mamografia é um exame que usa raio-x para visualizar as estruturas internas das mamas e detectar possíveis alterações.

É considerado o método mais eficaz para o rastreamento do câncer de mama.

O exame em mulheres assintomáticas é recomendado para mulheres com idade entre 50 e 69 anos.

Para outras idades, avalia-se que os riscos do acúmulo de radioatividade e de resultados errados são maiores que os benefícios do exame preventivo.

 

É possível evitar o câncer de mama?

Estima-se que cerca de 30% dos casos de câncer de mama poderiam ser evitados com a adoção de hábitos saudáveis, como:

  • Manter o peso adequado
  • Alimentação equilibrada
  • Prática regular de atividades físicas

 

Previna-se

Se você é associada à ACMinas, confira a disponibilidade do exame de mamografia em seu plano de saúde UNIMED BH e faça exames preventivos com frequência.

A ACMinas apoia o Outubro Rosa e incentiva todas as mulheres a cuidarem da sua saúde.

Junte-se a essa corrente do bem e participe das nossas ações durante todo o mês.

 

Esperamos que este post tenha sido útil para você.

Se você é associada ACMinas e ainda não tem plano de saúde, confira a nossa parceria com a UNIMED BH e as vantagens dos planos para associados clicando aqui.

E não se esqueça: o câncer de mama tem cura se for descoberto cedo. Faça sua parte e previna-se!

Assine nossa Newsletter

Receba nossa novidades em primeira mão por email.